Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A arte-terapia para expressar nossas emoções internas parte 2

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

068 –
Sônia Tommasi: A criança, por exemplo, tem um problema de dificuldade de aprendizagem. Pelo meio da arte, ela vai conseguir desenvolver o processo de aprendizagem. O adolescente que vive sempre em crise existencial de que é o patinho feio. Nós vamos trabalhar esse autoconhecimento, trazer essa beleza interna que ele tem.

O jovem, que profissão vai seguir? Se ele tem um autoconhecimento desenvolvido, ele vai ver o potencial criativo. Porque nós trabalhamos profissionalmente com nosso potencial criativo. Depois dos trinta, o que vai fazer? Sempre é tempo de você descobrir o ser criativo que há dentro de você. Você pode se transformar em uma pessoa melhor. É a ideia da psicologia analítica. Buscar os símbolos internos que te movimentam para você ser melhor. Porque o ser melhor tem uma expressão mais gostosa, mais bonita. Isso se reflete no sorriso, que tá aí no seu rosto, bonito, nos cabelos, no corpo, no nosso dia a dia e nos nossos relacionamentos sociais e profissionais.

Eduardo Chauvet: São pequenas atitudes do dia a dia que fazem com que isso aconteça, né? Um sorriso, uma corrida no parque, andar de bicicleta, cuidar de si, né?

No nosso dia a dia, vamos pensar. Tem pessoas que compõem o almoço, o prato, amontoado. Não faça do seu prato uma pilha, faça do seu prato uma aquarela. Coloque as coisas, os alimentos… o verde, o amarelo, a beterraba… Vai colocando de forma que fique tudo uma paleta de cores. Aí você olha para aquilo e come cores. Você transforma o seu mundo interno em cores.

Agosto de 2010