Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A arte do Taekwondo e a adrenalina do esporte

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Fazem 14 anos que eu pratico. Comecei com 7 anos de idade e nunca parei. Nós fizemos uma preparação muito forte na Europa e os Jogos Panamericanos foi uma competição muito incrível. Perdi a semifinal para Cuba mas me deu uma experiência muito grande pra tentar agora os jogos olímpicos. O Taekwondo é só chute de pernas. O soco serve mais pra bloqueio, então não é muito utilizado.

O objetivo é acertar da barriga pra cima. Pode acertar rosto. No rosto vale 2 pontos. Se cair vale 3 pontos.

Nós temos proteções de canela, ante braço e órgão genital. Depois vem o colete, o capacete e atletas que usam aparelho usam protetor bucal.

Tem que entrar com tudo, cabeça erguida e ir lá.

A nossa meta ali dentro é a computação dos pontos.

O objetivo de todo mundo, qualquer atleta, é vencer.

O grito é mais pra desestressar o atleta, relaxar. Ele controla a nossa adrenalina ali dentro. Então ele serve pra soltar a adrenalina, a explosão que a gente tá sentindo no momento.

Além de ser muito bom pro nosso corpo, pra defesa pessoal é muito importante hoje em dia.

Primeiro, é o desafio, e depois a conquista. Pessoalmente, pra mim, não tem igual. Já perdi namorada, já perdi faculdade, já perdi um monte de coisa mas eu não consigo largar isso.

Novembro de 2003