Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A magia do frevo com seus sons, toques, cores e energia

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Jorge Marino, Mestre de Frevo Relax. A dança do Frevo tem algumas características muito importantes. A primeira é a qualidade da música. A música autêntica do frevo é tocada por instrumentos acústicos. Nada eletrificado. O frevo é muito rico na palavra, na energia da palavra, ele é muito rico na frequência vibratória, tocado com instrumentos muito fortes. Instrumentos de percussão dão uma energia vital muito grande e atua aqui na região do baixo ventre, portanto fortalece a energia do básico e vai pra cabeça.

Todo indivíduo que pratica essa modalidade com regularidade tem uma pré disposição pro trabalho, pra saúde, pra vitalidade impressionante. Eu faço primeiro um trabalho de automassagem. É fantástica porque predispõe a pessoa a ter uma saúde melhor e ela passa a se autoconhecer através da massagem, ou seja, toques que ela mesma dá no seu próprio corpo. Ao sentir uma área desconfortável, ela vai ter atenção naquele órgão que está reflexologicamente ligado àquela área. Depois que a pessoa está energeticamente bem, equilibrada, aí então nós começamos a atividade física.

Aí é uma hora de frevo mesmo. E a gente ensina os passos explicando os movimentos, o que faz cada passo e tal. Tem uma coisa muito interessante no frevo: é o adereço que é a sombrinha. A sombrinha estimula áreas da mão que estão ligadas a órgãos internos. E o movimento que faz com a sombrinha de um lado para o outro, esse movimento de cores ativa os seus olhos. E quando tens uma atividade rápida como a sombrinha, com cores, com vitalidade, tu começas a mexer com os olhos e tu começa a ativar áreas do teu cérebro.

Depois então, como a gente fica com uma energia individual muito forte, a gente faz uma atividade coletiva, baião e terminamos sempre com a ciranda, porque a ciranda é uma dança que dá um senso de união, de confraternização muito grande.

E eu espero, se eu puder ser útil a vocês, entre em contato conosco, nós teremos o maior prazer de estar com vocês levando essa cultura maravilhosa.

O que mais me motiva é ver pessoas que estavam marginalizadas, muitas vezes, pessoas com dificuldades de sobrevivência, dificuldades de relacionamento, uma série de problemas, passar a encontrar uma razão de ser feliz e ver o quanto é bom ser brasileiro.

Junho de 2001