Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Alunos do ensino público como músicos e multiplicadores de conhecimento

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Eduardo Chauvet: Esse nosso quadro em parceria com o SINPRO-DF, como vocês tem percebido nas últimas semanas é itinerante. Nós estamos rodando o Distrito Federal, já estivemos em Taguatinga, Brazlândia, no Guará. Hoje estamos aqui no Recanto das Emas no Centro de Ensino Médio 111. Wellington Medeiros é o vice-diretor aqui da escola e eles tiveram uma semana bastante agitada aqui que é a Semana Educação para a Vida.

Wellington: Essa semana é uma lei federal e aqui no Distrito Federal está acontecendo em todas as escolas com muitas atividades. Nós tivemos vários parceiros aqui na escola. Temos que agradecer ao SESC, à Embrapa, ao DETRAN, à Polícia Rodoviária Federal, ao Corpo de Bombeiros. Tivemos palestras de orientação vocacional, principalmente pra galera do terceiro ano, de educação para o consumo, palestras sobre DST e outros mais aí.

Eduardo: Como é a importância de se trabalhar a cabeça do jovem?

Welligton: A gente tem que formar essa galera pro mundo lá fora. Mais importante do que tudo, são multiplicadores. Eles multiplicam o conhecimento que eles tem aqui dentro da escola. Não seria possível sem os nossos parceiros, sem os nossos professores, os nossos coordenadores e sem a nossa equipe de direção.

“Tem um grupo de professores, que cada um gostava de tocar uma coisinha no intervalo, os alunos viram a gente tocando e aí foi começando a fazer uma seleção de alunos né. O jovem supera. Em vez de ele estar no horário contrário sem fazer nada, então ele vai colocar o seu dom em prática. Criar coisas como a gente viu hoje. Músicas de autoria própria”.

Eduardo: Monte a sua banda, crie a sua história e faça acontecer.

“Isso, caia na estrada, porque a estrada é que vai dar realmente essa abertura para vida. A música vem justamente para nos ajudar nesse entendimento como formadores de opiniões e formadores de um futuro melhor para o nosso Brasil.”

Eduardo: Fica aqui mais um exemplo de sucesso então da educação pública. Hoje, diretamente do Centro de Ensino Médio 111 do Recanto das Emas. Na semana que vem tem mais.

Maio de 2010