Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Alunos produzem vídeos e teatro na escola ‘Gisno’ de Brasília

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Eduardo Chauvet: A professora Glória Teixeira não para. Desenvolve diferentes projetos, são projetos interdisciplinares, é uma área que ela gosta muito, ama de paixão. Arte, cultura, tem teatro, tem vídeo. Enfim, com a participação de muitos alunos, 400 alunos?

Glória: É, aproximadamente isso.

Eduardo: Aproximadamente 400 alunos. A questão de vídeo aqui na escola Gisno. Produção, concepção, finalização, como é que é?

Glória: Esses meninos eles são especialistas nisso tudo, sabe? Seja utilizando um celular, seja utilizando qualquer equipamento, eles sabem manusear isso. Eles são responsáveis por tudo. A única coisa que eu encaminhei mesmo foi na questão do roteiro, de roteirizar o fato e de, principalmente, escolher a nossa escola.

Glória: Então eles estão falando da natureza aqui dentro da escola. Eles encontraram uma quantidade imensa de temas. São 14 temas diferentes. Um documento bacana que a gente está fazendo da escola, com a escola e pra escola.

E eu também trabalho com o grupo ‘Gizno Teatro’, com Z, nossa escola se chama Gisno. Tiramos, brincamos com o nome, tiramos o S, colocamos o Z, que é um projeto voluntário que eu faço aqui na escola há 11 anos. Nós já viajamos pro méxico, 7 festivais, os festivais organizados pela Athos Bulcão. Ganhamos prêmio, o selo da ‘Cultura Viva’ ganhamos agora pela segunda vez.

O ‘Gizno Teatro’ ganhou um ponto de cultura. Isso pra gente é bacana. Nós vamos trabalhar o audiovisual e o teatro e vamos oferecer gratuitamente aqui na escola: edição, cinegrafia e roteiro. E não só para os nossos alunos da escola. Vamos estar recebendo a comunidade também. É até bacana. Alguém que se interessar pode procurar a gente.

Eduardo: Mais uma pauta muito rica aqui no Gisno, escola pública da 907 norte. Isso aqui é uma verdadeira cidade, essa que é a verdade. Quando a gente entra aqui são tantos alunos, são tantas salas de aula. A gente imagina quantas famílias estão presentes aqui, quantos cidadãos, quantos formadores de opinião estarão no mercado no dia de amanhã. E são iniciativas como essa que fazem com que a gente realmente possa desfrutar de um presente mais digno e de um futuro muito melhor pra todos com a participação de todo mundo. E é realmente muito bacana. Um projeto exemplar. Eu acho que fica aqui mais uma referência de qualidade do ensino público do DF.

Glória: Os professores aqui são muito inteirados e interessados em estar trabalhando e a gente precisa que os nossos alunos também tenham prazer, tenham gosto de estar aqui e que possam estar criando cada vez mais, estar construindo o seu futuro. Porque quando ele constrói o seu futuro, ele está construindo o futuro de uma comunidade, da sociedade, do nosso povo. Eu penso assim.

Fevereiro de 2011