Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Armandinho Macedo interpreta Gil e Caetano ao som da ‘voz’ do bandolim

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Armandinho Macedo: Uma ideia da minha mulher. Coisa de mulher gravar as músicas de Caetano e Gil que é um projeto maravilhoso. A gravadora Vision e o Carlão, resolveram fazer esse disco e difícil foi a escolha das músicas, que são tantas músicas bonitas que têm Gil e Caetano que acaba você nunca se dá por satisfeito. O interessante disso é que eu procurei mesmo catar as músicas, não usar como tema e fazer um instrumental mas sair cantando. Foi com essa ideia de um canto de bandolim que falei pro Moraes Moreira, “Moraes, é um canto de bandolim como se fosse a voz do cantor”. Ele falou “então é a voz do bandolim, é isso aí”, então botamos o nome do disco e, como é um projeto da minha mulher, eu dediquei às mulheres.

Eu acho que é um grande projeto, a gente procurou fazer um negócio bem harmonioso, melódico. Para isso, contamos com o grande Fernando Moura no teclado, que participou dos arranjos. Essa divulgação que vocês fazem, tudo isso, tá favorecendo a música brasileira, o músico brasileiro, principalmente o chorinho.

Pois é, galera! Pra quem quer curtir uma música legal, essa música instrumental brasileira tão rica, o Clube do Choro vem sendo hoje em dia a Central do Brasil, esse é o lugar! Parabéns a Reco do Bandolim, a toda essa galera que vem criando disso aqui o centro da música brasileira principalmente com a Escola de Choro e tudo mais que tem feito aqui.

Hoje em dia todos os músicos querem vir tocar aqui. Quem não veio, quer vir conhecer e tocar aqui no Clube do Choro porque sabe que tem um grande público aguardando a gente aí. Beleza!

Novembro de 2001