Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

As mentiras que os homens contam de Luís Fernando Veríssimo

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“Nós nunca mentimos, mas o Veríssimo está aí há três anos com um sucesso maravilhoso com esse livro que é um best-seller. E o Marcelo Rubens Paiva transferiu essa obra literária para o teatro e estamos aqui para fazer a galera rir para caramba.

É o universo masculino que vai gerando a conversa entre os homens e aí saem várias histórias, várias mentiras, várias situações.

Eles inventam histórias para proteger as mulheres. Às vezes, a verdade dita de forma crua magoa, constrange. Então é uma forma de dizer a verdade de outra maneira.

Na maioria das vezes acontece isso. Se a gente vai contar uma verdade, a pessoa não acredita, então você dá uma modificada ali e tudo vira verdade. A mentirinha vira verdade. Não são só os homens que mentem, elas também mentem. Então é “As mentiras que os homens contam”, mas na maioria das vezes as mentiras vêm induzidas pelas mulheres.

O público se identifica muito o tempo todo no espetáculo. Quando a platéia está bem próxima do palco, a gente percebe.

Para mim fazer isso, sem dúvida alguma, dá um retorno maravilhoso. Fazer com que as pessoas saiam mais felizes.

Veríssimo discute a forma afetiva da maneira mais abrangente, mais profunda possível. As pessoas riem não só pelo fato, mas por se aliviarem, por entenderem a existência. Isso é uma coisa que faz com que o espetáculo tenha essa longevidade.”

Fevereiro de 2005