Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Athos Bulcão, artes plásticas e a História de Brasília

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“Eu sempre tive muita facilidade de me adaptar. E quem me deu essas oportunidades todas desde o começo, que me orientou, foi o Oscar Niemeyer. E Brasília é um campo de trabalho fantástico para se começar do nada, fazer uma arquitetura.

“Athos Bulcão nasceu em 1918, no Rio de Janeiro. A sua parceria com Oscar Niemeyer começou ainda na década de 40. Após a inauguração de Brasília, a integração entre suas obras e a arquitetura de Niemeyer se tornaram uma marca da cidade.”

“O povo geralmente pensa que museu e exposição é um lugar que eles não podem entrar. É um absurdo. E uma obra pública assim tem essa importância.”

“Athos Bulcão tem aproximadamente 300 obras espalhadas pela cidade como este painel na Galeria do Emprego. São obras de integração público-artes que a cada ano se estende.”

“Eu gosto muito da Igrejinha e do Teatro Nacional.”

“O relevo de concreto do Teatro Nacional foi construído em 1966. O painel de azulejos da Igreja Nossa Senhora de Fátima, 308 sul, foi o primeiro trabalho de Athos Bulcão em Brasília – 1957.”

“Eu acho horríveis alguns prédios, opinião pessoal minha. Agora, a coisa pior de todas, para mim, é a intervenção no espaço urbano com esses layouts desproporcionais. Acaba com a arquitetura. Não se consegue enxergar nada, não se vê nada, só cartaz pendurado. Eu gosto de estar fazendo um trabalho novo. Esqueço o anterior e começo o outro. É como aquela frase, o espetáculo precisa continuar.”

Junho de 2001