Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Bruno & Marrone quando ninguém nem conhecia ou reconhecia nas ruas :)

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Bruno: Em Brasília, a gente vem plantando a sementinha. O primeiro show deu 5 pessoas. A gente fez o show todinho. Acho que essas 5 foram falando pra outras “o show é bom”. De repente, no outro deu umas 500.

Agora é só alegria aqui.

Zezé di Camargo: Bruno e Marrone, hoje, talvez seja o maior sucesso de público no Brasil.

Bruno: É muito bom saber que as pessoas estão reconhecendo. Principalmente as duplas que são top no Brasil.

Zezé: Se pergunta se já ouviu falar de Bruno e Marrone as pessoas não sabem ainda.

Eduardo Chauvet:
Você já ouviu falar de Bruno e Marrone?
Já. [aponta a foto] Bruno e Marrone.
Ao contrário
Bruno e Marrone?
É Bruno e Marrone.
Já conhece Bruno e Marrone?
Já, quem não conhece?
Quem é o Bruno e quem é o Marrone?
Aqui é o Bruno, Aqui é o Marrone.
O Bruno é esse aqui.
Não sabem quem são?
Não.
Já ouviram falar da dupla Bruno e Marrone?
Ah, Bruno e Marrone!
“Seu guarda eu não sou vagabundo, eu não sou delinquente…”
“Sou um cara carente, eu dormi na praça…”
Nunca ouviu falar?
Nunca ouvi não.
Já ouviu falar no Bruno e Marrone?
Sim.
Sabe cantar alguma música deles?
“eu não sou delinquente…”
Se eles passassem aqui na calçada você reconheceria?
Não sei.
Que dupla sertaneja é essa?
É o Bruno e Marrone, não é?
Não é não.
Quem é?
Não sei quem que é não.
Bruno e Marrone, não é não?
Você conhece Bruno e Marrone?
Conheço.
Já ouviu falar?
É, parece mesmo com Bruno e Marrone…
Quem é o Bruno e quem é o Marrone?
Esse é o Bruno e esse é o Marrone.
Tem uma música famosa deles aí. Como é que é? Seu guarda eu não sou…
“Seu guarda eu não sou vagabundo, eu não sou delinquente…”
“Sou um cara carente…”

Bruno: Nós estamos apenas começando com muita simplicidade. E graças a Deus o pessoal vem assimilando o nosso trabalho de uma maneira tão gostosa. Estamos começando a vender muitos discos e os shows que a gente vem fazendo, o pessoal vem comparecendo realmente em massa.

Zezé di Camargo: Aí você vai no interior de São Paulo eles acabaram de bater o ‘Amigos’ em Barretos. Eles deram mais público em Barretos do que o ‘Amigos’.

Bruno: A gente teve a oportunidade de fazer a Hebe. O Zezé tava lá com a gente. Inclusive falou no ar, o programa da Hebe é ao vivo…

Zezé di Camargo: Que fenômeno é esse? Fenômeno do rádio mesmo, do interior do Brasil.

Bruno: É muito bom a gente saber que Zezé di Camargo & Luciano, essa dupla que é tão famosa no Brasil está reconhecendo isso. E a gente só tem a agradecer muito a eles, que são os nossos professores

Eduardo: Como é que você explica? Que fenômeno é esse?

Marrone: Bom, eu posso dizer pra você.. acho que é a luta, o nosso trabalho, dedicação. São mais de 15 anos.

Zezé di Camargo: É um fenômeno que não é imposto pela mídia. Por exemplo, a dupla deles existe antes de Zezé di Camargo & Luciano. Agora que estão acontecendo. Então é uma coisa verdadeira. Por isso que eu digo, a música sertaneja tem esse poder de conquistar as pessoas verdadeiramente.

Marrone: Eu acho que o que tá acontecendo, o momento agora, é o merecimento do nosso trabalho porque a gente trabalhou bastante pra isso.

Setembro de 2001