Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Cacá Carvalho em “A poltrona escura” de Luigi Pirandello, Prêmio Nobel de Literatura

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Olá meus amigos do Programa Alternativo. Tudo bem? Boa tarde. Eu sou o Cacá Carvalho. Eu estou com muita honra em Brasília. Só faltam 2 dias para o espetáculo que eu estou fazendo aqui. Hoje e amanhã. O espetáculo chama-se “A Poltrona Escura”. Está aqui no Teatro da Caixa. É baratinho. 20 e 10. O espetáculo chama “A Poltrona Escura” porque ele é baseado em 3 novelas do Luigi Pirandello, um Prêmio Nobel de Literatura. O espetáculo se passa aqui, entre essa poltrona escura onde eu represento… não tem nada em cena. Só eu, vestido desse jeitinho, esta poltrona e esta cadeira.

“Foram acordá-lo na poltrona lá no quarto pra saber se ele queria vê-la ainda uma última vez antes que a tampa fosse fechada do caixão. Mas está escuro ainda. Como é? Não, não, não! Já são 9 e meia da manhã. Mas é que hoje amanheceu assim, sabe? Mal se enxerga. A saída do corpo foi marcada pras 10. Então ele olha como imbecil porque parece-lhe impossível que possa ter dormido tanto assim e tão bem a noite inteira. Ainda entorpecido pelo sono, entorpecido dentro dele o desespero daqueles rostos insólitos dos vizinhos. Aqueles rostos em volta da poltrona naquele vislumbre de dia. Ele queria levantar as mãos para se defender. Mas o sono escorreu no seu corpo e derreteu lá dentro dele como chumbo. Se bem que na ponta dos pés tenha aparecido uma vontade de se levantar que logo desaparece”. E por aí vai.

O espetáculo dura 1 hora e 20. De um texto de uma poética… É muito divertido e muito poético. Então eu estou aqui e reitero o convite pra você. Sai da sua casa hoje a noite, vem aqui no Teatro da Caixa hoje ou amanhã, domingo, assistir “A Poltrona Escura”. Tá bom? Eu juro que você vai sair daqui com a alma lavada. Tchau.

Outubro de 2004