Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Cazuza – O Tempo não Pára, o filme e sua vida

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“É um filme que todo mundo que viveu e que não viveu a geração dos anos 80 do rock deve ver. Não é um documentário. É um filme de ficção, foi baseado na vida dele. Uma oportunidade muito grande das pessoas conhecerem a obra do Cazuza, as músicas. Ele era um grande poeta. E uma oportunidade de conhecer também a personalidade dele que era uma personalidade meio controvertida. Ele era muito rebelde, ele falava o que queria e não tinha muitas regras. O ator viveu o Cazuza mesmo. E ele se preparou mesmo para as duas fases porque tem o Cazuza saudável. O Cazuza desde antes de fazer sucesso, que começou com o Barão Vermelho. A banda depois fez sucesso sozinha. E o Cazuza que depois descobriu que estava com AIDS e as consequências da doença e ai ele encarna as duas fases perfeitamente.

Impressionante tem horas que você duvida se é o ator ou se é o Cazuza. As pessoas se empolgam, cantam juntas algumas músicas, tem muitos números musicais.

Mostra um contexto dos anos 80. Um artista que usava muita droga. Que não tinha muito cuidado na hora de fazer sexo que tinha uma certa promiscuidade mas que tudo fazia parte de uma filosofia, de um jeito de viver. Ele viveu intensamente, acho que um ano dele valia 10 anos da gente.

Foi um gênio, eu acho um poeta incrível. Foi um cara que conseguiu retratar nas músicas dele toda a ansiedade da geração que veio depois da ditadura, mas não é um exemplo de vida. É um exemplo de artista, não serve para vida da gente, não serve muito para a vida cotidiana. Mas é um artista que merece ser levado a sério.”

Agosto de 2004