Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Cláudio Falcão e suas personagens Berenice, Mary e Gorete

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“Comecei a fazer teatro em 1986, fazendo um espetáculo infantil. Aí depois eu comecei a tomar gosto pela comédia, eu adoro comédia. Fiz parte de um grupo que se chamava A Culpa é da Mãe, na época era década de 80. Aí o grupo se desmanchou e eu comecei a enfrentar uma carreira solo.

Foi aí que eu comecei a desenvolver os personagens. A Berenice é a mãe da Mary. Gorete é a diarista da casa. Eu sempre fico preocupado em todo espetáculo aparecer as três personagens. Cada espetáculo é uma, são histórias diferentes. Eles surgiam de ideias que eu tinha as vezes, de repente.

Mas esse ano a gente sentou e fechou uns títulos. Eu sou muito observador. Eu falo muito pouco. Me dou muita pouca chance para falar na vida real. Então acho que aproveito esse espaço no palco, que vejo todo mundo caladinho me ouvindo.

Eu procuro fazer com que fique a cara da cidade, a cara de Brasília. Essa é uma das minhas maiores preocupações ao escrever. Eu tenho procurado ficar cada vez, tecnicamente, melhor. Eu acho que isso acaba refletindo na reação das pessoas.

Estando no palco eu me relaciono muito bem com o público. Acho que o momento em que eu me sinto mais à vontade na vida é quando eu estou no palco. Eu adoro. Para mim é uma verdadeira paixão. Chega a ser terapia para mim, estar no palco.”

Fevereiro de 2003