Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Conheça Florianópolis, a ilha da magia. Parte 4 em um rolé por diferentes praias

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Eduardo Chauvet: Em nosso último dia na ilha da magia aproveitamos para conhecer as principais praias turísticas de Florianópolis. Chegando à Praia Brava, que está situada entre 2 morros com uma extensa faixa de areia, encontramos condomínios e pousadas de luxo que tornam o lugar um dos mais charmosos e encantadores da região. Gustavo Kuerten, o nosso tenista, é um dos ilustres assíduos da Brava.

Continuando a nossa rota, a parada agora é a praia Alagoinha, que tem boa estrutura de quisques e pousadas. A única desvantagem ficou por conta dos carros estacionados na areia. Nossa próxima praia foi a famosa Canasvieiras, repleta de turistas e nativos que dividiam espaço com os grandes prédios do bairro. Aqui é possível perceber uma maior receptividade turística caracterizada por um comércio bem desenvolvido e inúmeras opções de gastronomia.

Em seguida partimos para o bairro Jurerê Velho, que possui ótimas pousadas e depois Jurerê Internacional. A área mais nobre de Florianópolis. Aqui o luxo e o requinte tomam conta e contrastam com o lado rústico das outras praias da ilha. Três restaurantes oferecem aos seus clientes diversas opções regadas a um bom espumante de dia e a opção de curtir uma balada a noite. Mas o verdadeiro charme do bairro fica por conta das belíssimas mansões resorts espalhados pela orla e separados da praia por um ótimo calçadão onde é possível dar aquele corridão nas horas vagas. Encontramos o Jurerê Open Shopping, que como o nome já diz, é um shopping a céu aberto repleto de barzinhos, lojas e restaurantes de alto nível.

Em seguida passamos no mirante da Praia Mole, que tem uma bela vista panorâmica da lagoa, que é cercada pela vegetação nativa. No mirante encontramos também cafés, lanchonetes e lojinhas de souvenirs. Chegamos na Praia Mole, que possui uma das melhores estruturas de toda a ilha com diversas opções de restaurantes e quiosques para os visitantes. A praia é extensa e caracterizada por uma enorme faixa de areia clara que contrasta com a água azul e as rochas. O local é ótimo para a prática do surf.

A Joaquina foi a última praia do nosso Day Tour. Tem um clima mais roots, com muitos surfistas. Ao seu redor hotéis simples e aconchegantes dividem espaço com ótimos restaurantes, quiosques de praia, casas noturnas e escolas de surf. Nessa região também é possível praticar o sandboard ou seja, o surf nas dunas. Depois fomos levados ao maior point noturno e gastronômico da cidade, a Lagoa da Conceição. O bairro reúne praias, dunas e montanhas. Com tanta diversidade, o lugar tornou-se o ponto turístico natural mais conhecido de Florianópolis. Na lagoa é comum encontrar praticantes de windsurf, vela, caiaque, kaitesurf e jetski. Dos morros em volta saem parapentes e asas-delta. Além disso o local é conhecido por ser um interessante centro de artesanato, sobretudo de rendas. À noite a grande quantidade de barzinhos e restaurantes fazem da Lagoa o point mais procurado do verão.

Janeiro de 2011