Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Daddy Kall, músico, compositor, DJ e amante da black music

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Daddy Kall, músico, compositor, DJ e amante da black music

Comecei trabalhando com a Xuxa juntamente com a rapaziada do ‘You Can Dance’. E agora estou trabalhando esse disco aqui, carreira solo. “Ontem foi legal demais” é a música de trabalho. O título do disco é “O som não pode parar”.

Eu sou músico, toco violão, componho. Tenho muitas músicas minhas que foram gravadas. Kelly Key gravou música minha, Latino gravou música minha, pessoal de MPB, até grupo de pagode, ‘Os Mulekes’ tem música minha. Eu trabalho com black music no Rio de Janeiro, trabalho com festas black. Sempre fui DJ. Continuo compondo, continuo fazendo o meu trabalho, tocando na noite. Independente do meu trabalho artístico como cantor eu continuo tocando, fazendo festa e tal.

Eu gosto de fazer tudo, ficar parado não é comigo não. “Ontem foi legal demais” sucesso no Brasil inteiro. Na hora de gravar o videoclipe, depois que a música tava pronta… tem um papo de azaração e tal e tem uma menina que eu to tocando numa festa no videoclipe e tem uma menina que chega, me olha, a gente troca um olhar e tal.

Deus é muito generoso comigo. Sem essa de hipocrisia, eu falo em Deus dessa forma porque eu sempre tive grandes oportunidades, eu não tive pequenas oportunidades. Quando eu era do ‘You Can Dance’ assinamos com a Sony Music, com a Som Livre. Sempre tive tudo de bom. Agora, eu tô tendo uma oportunidade de fazer o que eu quero, do jeito que eu quero, cantar o que eu acredito, o que eu penso. Então é um momento especial na minha vida. Talvez nunca tenha sido tão bom. Eu tô muito feliz. Grandes oportunidades.

Eu tenho um bom produtor, uma boa gravadora, gente que acredita em mim, a Transamérica foi a primeira rádio a tocar a minha música, tocou em rede, já está tocando em todas as sucursais, as outras rádios estão indo no vácuo.Eu tô muito feliz, eu não tenho como agradecer. Não tem preço, é um momento especial.

Meu nome é Daddy Kall, pra quem me conhecia antes era Kall. Como eu sou fã do Puffy Daddy o meu produtor decidiu inserir o Daddy antes do Kall.

Bom, agora só você tendo esse cara aqui em casa pra conferir o que tem aqui pra mostrar. Muito obrigado pela oportunidade aí, galera do Alternativo. Deus é mais, paz. Daddy Kall.

Maio de 2004