Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Dona Tereza e seu artesanato com a madeira do mato

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“O Quinca que fazia, meu velho, né. Ele fazia, tirava madeira e fazia, deixava aí e eu ia ajudar ele a fazer. Aí eu ajudava a lixar, trabalhando, ajudando a pintar, e fui entendendo mais ou menos. Aí quando ele ficou doente eu aprendi a fazer. Aí eu vendi as primeiras que eu fiz. Falei: esse negócio vai dar certo. Aí continuei a fazer. E com essa brincadeira tem 16 anos. A minha tia me ajuda mais. Ela pinta, está fazendo até bem.

Eu não conheço nem o Rio de Janeiro. Conheço só Goiânia e Brasília. Não conheço mais nada. Já tive convite para ir longe, para eu expor, levar madeira e fazer lá e as peças que eu vender são minhas. Quando a gente tem madeira, a gente até faz bem. Eu estando com saúde até que faz. Mas já está em falta da madeira. Vai parar. Eu não vou no mato buscar. E o Ibama também não deixa. Aí eu vou fazer crochê, costurar pano de prato, fazer essas coisas. Isso aí eu passo o dia. Eu pego a máquina e vou fazendo o que der na ideia. Mas Deus dá um jeito, né?”

Fevereiro de 2003