Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Encontro de motociclistas no Autódromo Internacional Nelson Piquet

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Mariana Brasil: O Programa Alternativo veio até aqui ao Autódromo Internacional Nelson Piquet nesta quinta-feira para conferir como é que o ‘Encontro dos Motociclistas’ por aqui.

Os motoclubes começaram mesmo por influência de um clube conhecido como Hell’s Angels. Eram amigos militares que sobrevoavam jogando bombas, infelizmente isso. Esses amigos acabaram virando motociclistas. É conhecido até hoje, existe em vários países.

Os Carcarás… os Balaios, o mais antigo do Brasil. E essa influencia foi gerando tudo isso que está acontecendo aqui, o passeio, o final de semana. É um movimento assim… muita saúde, bem estrada, acho que é legal isso.

Mariana: O Miguel é conhecido como Couro Seco no grupo dos Carcará. Qual é o cuidado que o motociclista tem que ter com a moto?

Miguel: Tem uns que gostam de cromar, polir, umas pinturas personalizadas, vai muito do gosto da pessoa, incrementar. E tem outros, que já gostam dela mais depenada, tirando um pouco da originalidade da motocicleta.

Mariana: Você tem ciúmes da Nave?

Miguel: Tenho muito ciúme dessa motocicleta. Tenho mais ciúme do que as namoradas. Elas geralmente chegam e falam “ou você escolhe a moto ou eu”. Eu falo, ‘tchau’.

Mariana: E no dia a dia, dá pra conviver com cabelo cumprido, barba por fazer, jaqueta de couro ou é um personagem durante o dia e um personagem durante a noite?

Miguel: Não, eu sou graças a Deus desse jeito 24 horas, original. É o nosso estilo, nós somos originais mesmo.

Mariana: Para os motociclistas, a filosofia de um encontro como esse… você acha que rola muita paz ou tem algum tipo de desavença entre os grupos?

Não importa se eu sou Kamikaze, se eu sou Carcará… Desavença nenhuma. E você encontra uma irmandade.

E continua cada dia, cada ano crescendo mais esse movimento.

Junho de 2002.