Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Feira de conhecimentos transdisciplinares com participação direta dos alunos

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Nós já tivemos na escola outras feiras que eram exclusivamente ciências. E dessa vez a gente juntou várias áreas do conhecimento. Então pôde possibilitar a participação de todas as áreas, de todos os professores. Uma coisa bem conjunta mesmo.

O envolvimento dos alunos nessa feira tem sido de quase 100%. A gente tem trabalhos que envolvem a participação de praticamente todas as turmas. Inclusive o ‘Projeto Vereda’, que é um projeto que funciona na escola, ‘Projeto Entre Jovens, Mais Educação’. Então, tem um pouquinho de participação de todos os alunos, exclusivamente alunos do centrão.

O que marca essa feira é justamente a iniciativa dos alunos. A gente mostrar que eles são capazes de fazer coisas que a gente até desconhece. O professor não tem o domínio o tempo inteiro do trabalho. Ele lança uma semente, o aluno corre atrás e ele busca. E nos surpreende muitas vezes. Então eu acho que essa feira abre espaço para que os alunos se mostrem de verdade, apliquem o conhecimento que eles adquiriram ao longo de todo o ano no evento onde eles podem criar, onde eles podem ousar. Esse é o grande marco de uma feira como essa. O que a gente buscou foi um cronograma de apresentações de palco e exibições, exposições, trabalhos expostos em estandes. Então é variado. Houve espaço para que apresentações de palco acontecessem, música, dança, repentistas convidados e exposição de trabalhos científicos dos alunos nas salas de aula.

A gente fechou a culminância do semestre com a peça ‘O Auto da Compadecida’ em que os alunos e os professores organizaram tudo. A gente consegue, com o projeto, tirar os alunos do mundo lá fora. E eles estando aqui dentro. Eles deixam de ser fatores de risco pras drogas, violência, entre outros fatores que existem.

Na verdade os alunos e os professores se sentem felizes quando eles podem sair um pouco da rotina de sala de aula e abrir o espaço da escola. A escola está com os portões abertos, os alunos estão aqui desde as 7 da manhã com um empenho danado. Teve aluno que esteve aqui ontem à noite pra montar o seu espaço. Então o envolvimento é muito grande, a alegria é muito grande. Acho que de poder sair da rotina da sala de aula e criar alguma coisa diferente na escola… são produções científicas mesmo dos alunos e aí eles contaram mais com o apoio dos professores de química, física, biologia, matemática e aí envolve o conhecimento deles de sala de aula com aplicações. Na verdade, é tirar a matemática, física e química do livro didático e trazer para um trabalho prático onde eles mostram as coisas acontecendo. Eles fazem experimentos, eles sabem explicar. Então é como a gente acredita que o conhecimento realmente acontece.

Janeiro de 2011