Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Festival Forró Manêro com Frank Aguiar

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Frank Aguiar, cantor e compositor: A galera começou a me chamar de cãozinho e eu protestei no princípio da história. Depois eu terminei acostumando com o título e resolvi continuar gritando. Cãozinho foi justamente por causa dos uivos, dos gritos. Eu comecei muito criança, eu errava pra caramba. E cada erro que eu dava, eu dava um grito. Então virou mania essa coisa do grito e do cãozinho.

A base toda é feita com teclados. Tem uma sanfona e um sax do meu lado esquerdo e as duas gatinhas, as pirralhas que fazem o backing, né? E juntos, a gente faz a festa diariamente nesse Brasil todo. São 30 shows por mês.

15 anos de ralações. Nós tivemos 12 anos até acontecer o primeiro disco de ouro que foi em 97. Daí pra frente foi só alegria.

Eu estudava. Inclusive fiz faculdade de música também. Foi uma vida toda dedicada para a música, desde criança.

O forró é envolvente. A gente retrata temas amorosos, regionais, falamos de temas atuais, falamos de tantas coisas boas. E o ritmo que é envolvente, que é contagiante. O pessoal que não aprendeu ainda a curtir o forró, vem com a gente cair na onda.

É sempre bom poder estar aqui.”

Maio de 2000