Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Festival Forró Manêro com o Trio Siridó

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Tina Vieira: Além do palco grande, com aquela enorme pista de dança, aqui no Forró Manêro foram montados três palhoças onde rola o verdadeiro arrasta-pé. É um espacinho pequenininho e muita gente prefere ficar aqui do que ficar lá no show. A gente vê que tem muita gente assistindo, mas o grande barato é o pessoal que fica lá dentro dançando.

Araújo do Norte: O forró é uma música alegre, uma música nossa, nossa raíz. Quem criou foi o Gonzagão, nós estamos acompanhando. Ele se foi, nós estamos aí pra sustentar a batida do Gonzagão. O trio Asa Branca, com muita honra, até o nome do trio eu botei Asa Branca. Eu cheguei em Brasília em 64. Nós viemos de São Paulo. Já viemos de lá cantando forró. Ficamos aqui e o pessoal daqui é muito conhecido. Eles sabem onde nós estamos, nós somos muito procurados.

A gente agora está aqui com o Siridó, que é um pouquinho da alma do forró aqui em Brasília. Há quanto tempo você está aqui tocando forró?

Araújo do Norte, Trio Siridó: Já tem 40 anos. Há 40 anos eu toco forró e o Trio Siridó começou em 72. Já está com 27 anos e agora passamos para a banda. Banda Forró Siridó.

Tina: O pessoal não abre mão desse arrasta-pé, né?

Araújo do Norte: O arrasta-pé é muito gostoso, principalmente com esses artistas, tudo criação de Brasília. O gostoso do forró é ver o suor pingar e todo mundo junto dançando coladinho. Não tem nada melhor.

Tina: Está aprovado?

“Está mais que aprovado”

Tina: A gente vê que tem que ter uma química muito boa entre os parceiros, né?

“É o cavalheiro. Se ele comanda, ele leva qualquer dama. Porque na dança, a dama não pensa, ela age. É mais importante. E sendo importante na dança a dama agir, não tem coisa melhor do que ela seguir um cavalheiro.

Tina: Quanto tempo de forró você consegue segurar?

“8 horas, 8 horas e meia”

Tina: Então mostra pra gente só mais um pouquinho.”

Maio de 2000