Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Festival Forró Manêro com Tropeiros de Borborema

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Gerson Brito, dir. Tropeiros de Borborema: Foi uma experiência das mais louváveis e das mais proveitosas. Nós estivemos representando o Brasil em festivais internacionais de folclore. Um festival que é promovido pelo Siof e pela Unesco. Nós fomos convidados e lá nós nos encontramos com várias culturas diferentes da nossa, culturas que também deram origem a nossa cultura, como é o caso de países da Europa, países africanos que tem muito a ver com a nossa cultura. E realmente foi um espetáculo belíssimo porque nós tivemos uma oportunidade de, junto com esses países, cantarmos e dançarmos em homenagem ao Brasil, “Aquarela do Brasil”. Uma coisa que foi muito surpreendente pra nós é que o público da França cantou conosco “Aquarela do Brasil”, cada um cantando na sua língua. Foi um espetáculo deslumbrante, foi sensacional.

Tropeiros eram homens que traziam, em lombo de animais: farinha, rapadura, cana de açúcar e cana de cabeça. Traziam dos sertões do Rio Grande do Norte, de Pernambuco, da própria Paraíba e iam para a então cidade chamada Paraíba que hoje é a nossa capital João Pessoa. E eles faziam parada num lago que existia na Vila Nova, que hoje é Campina Grande. Borborema porque a nossa cidade está sob o planalto da Borborema. Por isso o nome Tropeiros da Borborema.”

Maio de 2000