Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fundo de Quintal, melhor grupo de samba por 10 anos pelo Prêmio Sharp

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“Samba e pagode é a mesma coisa porque nós temos a concepção de que pagode é reunião de pessoas para cantar samba. Então você não vai cantar um pagode, você vai a um pagode, você vai a uma reunião. Isso existe porque a mídia, nos anos 80, quando teve o boom do pagode, rotulou pagode como gênero musical. Agora, samba de raiz é o samba tradicional, é o samba que nós aprendemos e que nós gostamos de passar.

Agora, quanto aos que tocam o que rotularam como pagode, esse samba mais meloso, que costumam dizer que a origem é de São Paulo, tudo bem. Eu acho legal porque o importante é que estão tocando samba. Cada um canta o samba do seu jeito.

Nós gostamos de cantar o samba desse jeito, ou seja, o samba tradicional, o samba de raiz. Não é demérito nenhum para quem canta esse samba rotulado como pagode. Tudo bem, a gente bate palma para eles do mesmo jeito.

Os prêmios:

O prêmio Sharp foi realizado durante 12 anos. Nós concorremos a 11 e ganhamos 10, como melhor grupo de samba. Aí depois teve uma versão desse prêmio como prêmio Caras. Foi um ano só, nós ganhamos também. E depois teve essa versão que permanece até hoje, que nós ganhamos os 3.

O novo DVD:

Está no forno. Já temos o repertório escolhido, serão 12 músicas antigas e 6 inéditas. Tendo muito daquilo que nós chamamos de partido alto. Sempre 2, 3 sambas românticos. 1 samba exaltação. Enfim, estamos mantendo aquela fórmula que sempre nos levou a vender sempre tantos discos de outro.

Chegarmos a 25 anos de carreira, estando na mídia, conseguindo manter esse sem número de fãs que nos acompanham, que nos incentivam, que trocam essa energia conosco é um prazer muito grande mesmo.”

Outubro de 2005