Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Jah Live, do reggae de Brasília para o Brasil

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“No final de 1998 a gente se juntou aqui no Guará. Começamos de brincadeira, fazendo som do Bob Marley na garagem lá de casa. E a partir do momento que a gente começou a querer levar esse trabalho a sério, a gente viu que o público estava gostando do negócio. A gente foi fazendo alguns shows e foi dando certo.

E hoje a gente já faz parte do cenário da música de Brasília e já fizemos várias capitais. No último show nosso no Rio de Janeiro, a gente teve a honra de conhecer esse grande cara aqui que é o Ras Bernardo, que fez parte da primeira formação do Cidade Negra.

“A história deles tem muito a ver com a minha, no início da carreira com a banda antiga, que era o Cidade. Nós começamos igual a eles também. Justamente tocando na questão social, na questão de Brasil, de país, da questão mundial. Estou aprendendo muitas coisas com eles até pela mensagem que eu venho ouvindo deles. E isso me gratifica pra caramba porque eles estão mantendo, estão preservando a mesma identidade, coisa que muitas bandas não têm. Isso eles têm.” (Ras)

A vivência da gente foi mudando, a gente foi amadurecendo muito… todo mundo. Não guiado só no plano material, as conquistas, mas no plano espiritual mesmo. O que a gente vem buscando, a gente vai colhendo. E isso que está fazendo a gente estar junto até hoje. Com força e com cada vez mais vontade.

A gente está pretendendo entrar em estúdio nesse fim de ano ou no máximo até março do ano que vem já estar lançando um disco com 14 faixas. A gente decidiu fazer com que isso se tornasse o primeiro plano da nossa vida.”

Dezembro de 2001