Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Kart pelas cidades periféricas do Distrito Federal

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

José Argenta Neto, Pres. Fed. Brasiliense de Automobilismo: A gente vem sentindo há muito tempo que na cidade satélite (de Santa Maria)… há uma carência muito grande de esporte. Nós não temos dúvida nenhuma que agindo dessa maneira, levando kart pra cidade satélite, tentando promover o kartismo, daqui irão sair com certeza grandes Ayrton Senna, grandes Nelson Piquet. Esse é o nosso objetivo. As dificuldades existem. São várias. Mas com trabalho, com a dedicação de cada um, a gente consegue realizar isso daí.

(No dia) 24 de junho, juntamente com o aniversário de Taguatinga, nós vamos levar a 3ª etapa pra lá. Vamos ter prova no Gama, no Lago Norte, Paranoá, Sobradinho, enfim.

Eduardo Chauvet: A ideia é percorrer o Distrito Federal?

José: A ideia é pegar… e montar esse circo, melhorar o possível, fazer um grande evento. E levar, sempre na data de aniversário, para a cidade satélite.

Se ficar confinado só no kartódromo, que é no Guará, o pessoal não vai, é muito longe. Então, indo para as cidades satélites, você está indo atrás do público.

“Esse apoio que a Federação está dando pra gente é muito legal e o esporte está reerguendo.”

“As pessoas que estão mais afastadas do Plano Piloto precisam disso. Acho que nós precisamos de iniciativas iguais a essa.”

É a primeira vez que eu vim.

Ótimo. Essa ideia valeu… toda essa ideia pra mim está sendo uma diversão.

Tem que ter mais lazer aqui em Santa Maria. Divulgar os eventos…

Devia ter mais vezes e dar chance pra quem gostaria de começar.

É uma novidade pro pessoal daqui, né.

Maio de 2001