Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Lake jump une bicicleta com ‘salto’ nas águas do Lago Paranoá

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Lake jump une bicicleta com ‘salto’ nas águas do Lago Paranoá
Meu nome é Tito. Acauã. Cristino. Luciano.

A gente tá praticando lake jump.

Uma rampa, uma bicicleta e a água.

Na verdade é uma bicicleta de bicicross que a gente tenta usar as peças mais simples pra não poder enferrujar por causa da água.

Geralmente a gente põe uma garrafa pet ou um macarrão pra ela boiar, só que como o lago tá raso então dá pra gente buscar ela sem problema nenhum.

Não precisa do freio não, tá? Freio é acessório.

A gente procura a velocidade máxima que puder e voar o mais alto que puder também.

A gente pega uns 30, 40 metros de distância pra poder pegar embalo.

O perigo é o seguinte. É esse pedal aqui bater na canela ou no joelho e aí machuca um pouquinho.

Surgiu da necessidade de treinar as manobras pro solo. Pra treinar as manobras, eles treinavam na água até fazer a manobra, completar ela pra poder fazer em solo.

Todo mundo aqui é praticante do bicicross, já participou de competição nacional e internacional. A gente sempre viajou junto.

Novo movimento: lake jump.

Dezembro de 2004.