Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Livraria alternativa ao som autoral da banda ‘Beto Só e os solitários incríveis’ de Brasília

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Lourenço Flores, jornalista e livreiro: Eu quero ter os lançamentos, sem dúvida, mas ter também livros que as pessoas não encontram em outros lugares. A minha proposta é, além de estimular muito a leitura com um espaço que eu acho que é diferenciado, que é bacana. Como eu estou fazendo agora. Eu trago a Elisa Lucinda que eu adoro e que eu acho ela sensacional. Ela tem alto conteúdo, ela tem uma expressão maravilhosa. E trago a banda do Beto. ‘Beto Só e os Solitários Incríveis’, que é uma banda daqui, que está em ascensão.

Beto: A gente é ‘Beto Só e os Solitários Incríveis’. A gente começou em 1997. Quando a banda foi montada, eu era uma pessoa bastante só, fazia terapia por causa disso, e aí é um nome terapêutico, esses solitários incríveis. Cada um traz uma influência. Então o som vai variando. O que interessa é se a música fica boa e não qual é o estilo. Então a gente mistura um pouco de rock com MPB. Às vezes, tenta trazer alguma coisa de jazz, de ritmos latinos. A maior parte do show é formado por músicas da gente mesmo e a gente costuma fazer versões de alguns artistas que a gente gosta.

Lourenço: Saiam de casa porque vocês vão achar uma riqueza inacreditável nos livros. Não existe desculpa para que alguém não saia de casa pra tentar pelo menos comprar um bom livro.

Fevereiro de 2002