Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

‘Não durma de conchinha’ do grupo de comédia “De 4 é melhor”

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

E aí, galera do Programa Alternativo. Nós somos o grupo “De 4 é Melhor”. Estamos aqui na Rodoviária pra fazer uma brincadeirinha com vocês. Eu quero saber: você dorme de conchinha?

A gente está fazendo uma pesquisa aí. Você sabe o que vem a ser dormir de conchinha?

Não olha pra ela não, você não vai dormir com ela não.
Sei, sei sim.
Olha aí, rapaz, o sorrisinho.
O senhor sabe o que vem a ser dormir de conchinha?
Não…
Sei, é dormir igual criança, igual eu durmo. Assim ó.
Na posição fetal, né?
É, igual de criança. igual eu durmo.
E no caso, se tem uma outra pessoa com você dividindo? Isso é o que? Uma conchinha, não é?
É?
Você acordou agora?
Conchinha, como assim conchinha? Eu durmo assim de lado.
O que vem a ser exatamente isso.
Sabe o que é dormir de conchinha?
Não.
Bom demais, né?
Já dormiu?
Não.
Do jeito que é pra dormir eu durmo. Dependendo da situação. Assim pra cima eu não consigo não.
Você já dormiu de conchinha?
Eu já dormi de conchinha, gente, eu adoro. Mas não sempre. O começo da conchinha é bom. Mas depois que dorme tem que dormir, né?
É.
Olá.
Oi.
E aí, tudo bem? Você dorme muito de conchinha?
Às vezes. Me amarro.
E aí, qual foi a melhor vez que você já dormiu de conchinha?
Ah, foram muitas. Não dá pra rememorar assim não. Foram todas ótimas. Pronto.
Oba. É bom conchinha né? Eu acho que a peça de vocês é uma peça inteligente.
Peça de teatro…
Peça de teatro?
Isso. Chama ‘Não Durma de Conchinha’, uma comédia. Você gosta de comédia?
Ah, sei lá se eu gosto, uai. Queria mandar um abraço pra minha mãe e pro meu pai que tão lá em São José do Rio Preto e…
Ok, obrigado. Administração de Brasília, veja isso aqui, que beleza. São 4 escadas rolantes. Nenhuma delas funciona. Já batemos pé, já voltamos. A sorte é que nós somos jovens. Se fôssemos uma senhora de idade por exemplo ou alguém impossibilitado de subir escada a gente tava no sal.
Essas meninas da rodoviária são difíceis. Vou procurar uma gatinha. Você. Por favor, com licença. Não é cantada não, é uma entrevista. Você gosta de dormir de conchinha?
Nunca dormi não.
Nunca dormiu? Mas você sabe o que é dormir de conchinha?
Não sei.
Dormir de conchinha é quando duas pessoas pessoas ficam agarradinhas. Agora entendeu tudo né?
Ah, como entendi.
É bom ou não é?
É sim.
Olá, tudo bem?
Oi, tudo.
Como é seu nome?
Vixe Maria… Aline.
Vixe Maria Aline, estamos aqui com…
Só Aline.
Ah! Estamos aqui com Só Aline. A gente está fazendo uma pesquisa aqui…
Eu vou aparecer onde?
Você vai aparecer no Programa Alternativo do SBT com Eduardo Chauvet e o grupo De 4 é Melhor. Pode dar tchau pra sua mãe…
Oi mãe, beijo.
Agora eu queria te fazer uma pergunta, posso?
Depende, se não for muito difícil…
Não, é muito fácil. Você gosta de dormir de conchinha?
De quê?
Você nunca ouviu falar… dormir de conchinha?
Não.
Fabiana, explica como é dormir de conchinha.
É quando você ou o seu parceiro te abraça por trás e vocês dormem assim encolhidinhos.
Adoro. Bom, muito bom.
É bom demais, né? É por isso que a gente está convidando você pra assistir o nosso espetáculo “Não durma de conchinha”, porque dormir de conchinha é bom demais, mas também tem um outro ponto aí que a gente quer mostrar pra vocês.
Exatamente. Esse ponto você só vai descobrir se assistir a gente esse final de semana.
Lá no Teatro dos Bancários até o final de outubro. Sábados e domingos. ‘Não durma de conchinha’ com o Grupo ‘De 4 é Melhor’. É isso aí galera. Tamo junto com o Programa Alternativo.

Outubro de 2010