Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O Cristianismo Primitivo por Raul Branco

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Algumas pessoas, inclusive, já me questionaram à respeito desse título. Porque primitivo em nossa língua geralmente tem uma conotação de algo rude, rudimentar, que não foi desenvolvido. Mas na verdade eu creio que o que se refere é o cristianismo dos primeiros tempos.

Aquele cristianismo que seguiu naturalmente na tradição estabelecida por Jesus seguida por seus discípulos mais próximos que tinha a ver com a transformação do ser humano. Porque, ao meu ver, Jesus foi um grande mensageiro divino que veio para tirar a tradição judaica de uma camisa de força em que viviam na letra da tradição mosaica observando 613 preceitos. O judeu justo tinha que ser um seguidor da lei e aquilo era viver pela letra e equecer a alma, a mensagem que estava por trás dos ensinamentos dos profetas. Então Jesus, seguindo a tradição dos profetas, veio para trazer uma transformação.

E essa mensagem transformadora era realmente o que nós chamamos no início de boa nova. Então esse era o Cristianismo Primitivo. A vivência dos ensinamentos que Jesus nos levou. Mais tarde, com toda uma série de sequências históricas, a Igreja passou a endeusar o mensageiro colocando a sua mensagem em segundo plano, depois praticamente sendo esquecida.

É dito que Jesus nos trouxe a água que mata a sede para todo o sempre. Mas, se você fosse beber uma água para saciar a sua sede, você iria pegar a água de um rio depois de ter passado por várias cidades, várias indústrias ou você iria procurar a água na sua fonte aonde ela ainda é cristalina, pura? Esse é o enfoque que deveríamos dar. Creio eu, e é o que eu tento fazer com relação ao Cristianismo Primitivo. Remontar às suas origens. Não aceitar aquilo que nos é dado, às vezes nos é forçado com uma imagem que foi desenvolvida pelas igrejas com toda uma série de considerações de seus interesses políticos que foram estabelecidos ao longo dos séculos porque as igrejas não se tornaram esses poderios econômicos e financeiros sem ter feito muitas alianças com os príncipes desse mundo.

O Cristianismo Primitivo é a essência do ensinamento de Jesus na sua vivência. Por que o cristianismo se espalhou com uma tremenda velocidade? Porque era um maravilhoso apelo ao grande povo, às pessoas que não tinham acesso à religião do Estado, à religião dos mistérios e ficavam sem absolutamente nenhuma proteção, nenhuma orientação para com a sua vida. E nas comunidades do Cristianismo Primitivo, a comunidade toda compartilhava de seus bens. As viúvas, os idosos, as crianças, aqueles que sofriam doenças. Todos esses eram cuidados com amor.

O que é a essência de todo o ensinamento de Jesus? Amai-vos uns aos outros.

Hoje em dia nós falamos muito sobre amor. Mas será que nós fazemos isso? Será que essa é realmente a orientação da nossa vida? Nos primeiros tempos era. Naquelas comunidades dos seguidores no caminho… porque o termo cristianismo só passou a vigorar no final do século I e início do século II. Então nas primeiras décadas de nossa era, havia toda uma série de nomenclaturas para esses grupos de seguidores de Jesus, sendo o mais amplo, mais conhecido, os “seguidores do caminho”. Que caminho? O caminho da transformação que levaria ao reino do céu.

Março de 2010.