Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O grupo “Patubatê” na Feira dos Importados em Brasília com o ator Ribamar Araújo

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Ribamar Araújo: Estão sentindo falta de alguém? Um ser mais alto, mais comprido? Similião! Similião Aurélio não chegou. Sou eu, Ribamar Araújo sem o Similião mas ele estará brevemente aqui de volta com a gente.

Não sei pra quê que brasiliense vai pra Miami, pro Japão. Nós estamos aqui no universo paralelo que é a fantástica fábrica, “Feira do Paraguai”. Ou “Feira dos Importados”. É uma coisa que a gente está em dúvida.

Será Feira dos Importados? Será Feira do Paraguai?

Vamos fazer essa perguntinha pra galera.

Tudo bom com o senhor? O senhor vem sempre aqui?
Às vezes.
Qual o nome que o senhor dá a esse local?
Feira do Paraguai.
Feira do Paraguai: 1 a 0.
Feira dos Importados?
Feira dos Importados. 1 a 1. Oi querido, tudo bem? Deixa eu te perguntar uma coisa. Qual o nome dessa feira?
Feira do Paraguai.
2 a 1. Obrigado, querido. Olha como ela é bonita. Tudo bem? Você está aqui há muito tempo?
Muito tempo.
Estamos aonde?
Na Feira dos Importados.
Tão bonita, passou batom…
Feira dos Importados.
Temos uma celebridade. Branca de neve, você considera, aqui, você que veio da Disney, você me responde. Aqui é Feira do Paraguai ou Feira dos Importados?

Tudo bom, meu querido?
Feira do Paraguai.
Opa, tudo bom? Vem cá, professor Girafales. Rapidinho. Vai comprar o quê?
Não sei ainda. Estou olhando.
Qual o nome que você dá a essa feira?
Feira dos Importados.
Feira dos Importados.
Feira dos Importados.
Feira do Paraguai.
Não sei.
Feira dos Importados.
Você tá linda. Gente, é um estilo. Olha só, qual o nome que você conhece essa feira?
Feira do Paraguai.
Penteou o cabelo para aparecer no Alternativo. Tá bonito! Oi, tudo bem?
Estou numa entrevista aqui agora para o SBT. Me pararam aqui agora. Rapidinho, pera aí. Só um pouquinho.
Você estava falando com quem?
Tava falando com a minha esposa.
E o que você tá fazendo aqui sem a sua esposa?
Eu estou com um amigo meu. Ele veio pagar umas contas.
Deixa eu lhe perguntar uma coisa. É uma pergunta que não quer calar. Quando eu te perguntar você vai responder, você tira o óculos e vai olhando pra câmera, ok? Qual o nome que você conhece essa feira?
Feira dos Importados.
Aê! Não é mais Feira do Paraguai. É Feira dos Importados. Acabou, entendeu? Valeu, meu querido. Muito obrigado. Continuamos a saga aqui nesse universo paralelo que é a Feira do Paraguai. Vamos dar mais uma voltinha. Ó meu Deus, olha o que eu encontro aqui. Materiais recicláveis. Tampa pra panela, será que é uma feijoada? Nossa, não acredito! Patubatê, o trio maravilhoso de Brasília. Estão comprando bolsas?
Fazer o que né?
Complementar o figurino, óculos transado.
A cara da Aracy de Almeida. Estamos aqui com o pessoal do Patubatê.
Fernando Mazoni.
Fred Magalhães.
Gustavo Lavoura.
É, lavouras e colheitas. Lavou, tá novo.
A gente começou em ’99 aqui em Brasília. E desde então a gente vem trabalhando com esse material. E o grupo desde 2004, inseriu DJ, performances, dança e a gente está viajando o Brasil todo, o mundo todo. A gente já foi pra Europa, pros Estados Unidos, vários lugares aí.
Inclusive nós temos algumas imagens deles em Portugal. Vejam.
Na Espanha.
Nova Iorque.
Na verdade a gente começa a bater no que tiver na frente. Se der uma sonoridade boa a gente vai incorporando. Batuca mesmo nas latas, nas sucatas, material zinco…
Esse aqui é um demonstrativo como o Fred falou. Mas nós estamos captando pela Lei Rouanet. Então vocês que são de empresas que colaboram com a Lei Rouanet, imposto de renda, deixa de pagar um pouquinho de imposto de renda e doe pra cultura. Vamos fazer cultura aí.
Eu queria divulgar também pra vocês, quem quiser fazer esse barulho todo com a gente pode ir lá todas as quintas-feiras no colégio INEI da Asa Norte, da 606 Norte. A gente faz oficina o ano inteiro. Aprende todos os ritmos que a gente faz no show e também aprende a usar todos esses instrumentos maravilhosos aí.

Agosto de 2010