Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O italiano Lúcio Fontana e seu rompimento com o espaço bidimensional da tela

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Maria Clara Rodrigues, Produtora da Exposição: Lúcio Fontana é um dos artistas mais importantes da segunda metade do século XX. É um italiano que viveu na Argentina muito tempo. É uma exposição antológica. Uma exposição bastante importante. É a primeira vez que se traz um conjunto de obras de Fontana para o Brasil. Um artista que já morreu, morreu em ’68 mas que dos anos 70 pra cá, vem sendo muito valorizado porque ele fez um rompimento com o espaço bidimensional da tela fazendo furos, fazendo talhos, buscando um novo espaço na pintura.

Para o grande público, criamos uma revistinha que tem um texto mais acessível, que tem um glossário que explica o que é cada ação que o Fontana fazia. O que significa o furo, o que significa o ambiente espacial. Nós treinamos um grupo de monitores. Existe um trabalho de arte-educação aqui muito bem feito pela equipe do CCBB e existem também os monitores que vão receber o visitante, falar um pouco, responder perguntas.

Enfim. Eu espero que o público venha, que curta, que goste como eu gosto, enfim, não percam.

Fevereiro de 2002