Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ópera A Carta de Elomar com orquestra, coro, solistas

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“Depois de Carlos Gomes e Vila Lobos, agora temos Elomar em grande estilo. Orquestra, coro, solistas. É uma linguagem tanto musical, quanto literária. Ele é autor do libreto e da música. A maior parte dos autores que a gente trabalha, já não existe mais. Então é um prazer todo especial, é uma honra. Imagina se eu pudesse, na hora de executar uma música de Beethoven, conviver com ele e até bater boca. Seria uma maravilha.

No caso de Elomar, nós temos ele pessoalmente. Inclusive vai estar hoje no espetáculo. Ele tem acompanhado os ensaios, o que é algo muito especial. Nós podemos fazer uma coisa autêntica e aprovada pelo próprio criador da criança. A missão nossa, de músico, é traduzir para o público aquilo que está na partitura. A intenção do autor é traduzir, no caso, por mim, sonoramente, através da orquestra, coro e solistas.

A gente tem muito pouca produção de ópera no Brasil. É muito difícil, é um trabalho de muita especialização que reúne cantores, orquestra, atores, cenário, luz. Então eu acho que é um espetáculo que vale a pena conferir.”

Outubro de 2004