Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Paulo Autran quando comemorava 50 anos de carreira em 2000

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“São 50 anos de carreira. Ele subiu em um palco pela primeira vez em 1949. Durante esses anos todos foram mais de 80 apresentações. É um prazer imenso tê-lo em Brasília. Acredito que o senhor colecionou momentos inesquecíveis…

O que mais me deixa feliz é ser ator. É estar num palco, é me comunicar com a plateia, saber que eu estou transmitindo alguma coisa de agradável, de divertido, de emocionante ou de inteligente. É isso que bom na profissão do ator.

O senhor não se arrepende de nada que fez no decorrer da sua carreira?
Graças a Deus não me arrependo de nada. É claro que me arrependo dos fracassos. Mas os fracassos foram muito poucos e serviram como experiência.

Se o senhor pudesse resumir, qual o papel do teatro perante a sociedade?
Eu acho que é divertir com inteligência, com bom gosto, e principalmente esclarecendo certas coisas, certos problemas do ser humano que o teatro discute como ninguém.

O teatro não pode parar. O teatro é uma arte que está em eterna evolução. No teatro brasileiro atualmente você encontra espetáculos de todos os gêneros, todas as correntes do teatro moderno do mundo inteiro.

Sandra Moreno, atriz: Ele é a base do teatro brasileiro. Ele é a base para todos nós que um dia almeja chegar como um grande artista.

Leandro de Paula, estudante: Tenho 17 anos. Eu nem consigo pensar em completar 50 anos de carreira em qualquer profissão que seja, mas eu só penso em ter a mesma dedicação que eu vejo que o Paulo tem com a carreira dele.

Maria Carmem, cenógrafa: É uma pessoa muito rica, tem sempre uma coisa para dizer. É gostoso estar ouvindo o que ele está dizendo.”

Março de 2000