Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Projeto ‘Divas Dance’ com mulheres a partir de 50 anos

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

A Metodologia é fazer o pessoal se mexer.

Solta a franga e tal…

É tudo dentro das nossas limitações.

O bom é que são quase todas da mesma idade. Não tem desfile, não tem bolsa Louis Vuitton, você vem à vontade.

Quando você se vê nessa idade, em frente ao espelho, requebrando, a gente mesmo acha graça. Então passa a ser uma coisa divertida.

A ginástica faz bem para o corpo, faz bem pra mente, pra saúde. Você faz um ótimo relacionamento.

Nós já fizemos duas apresentações.

Usa a parte lúdica, divertida, para criar condicionamento físico.

Porque a idade não impede não.

Começam encantadas com a parte social…

Nós vamos ao cinema quando tem… só filme alegre! Nada de terror e nem nada de drama. Com isso a gente distrai, chega em casa a gente até esquece da depressão. Vem pra cá.

Eu tive um câncer de mama e a conselho médico, eu teria que vir mas eu fiquei enrolando uns meses. E tem uma amiga aqui, a Maria José. Ela me intimou. Disse que se eu não viesse ela nunca mais falaria comigo. Aí eu vim, já tem quase um ano e estou adorando.

É interessante porque elas mesmo é que fazem o trabalho umas com as outras. Elas se ajudam. Uma vê que tem problema, mas que a outra também tem. O mundo não é um parquinho de diversões. A gente bota música e canta, e grita e luta e briga. Vai pulando e o efeito aeróbico que a gente consegue é o mesmo que se conseguiria colocando a pessoa meia hora na esteira.

Nós fazemos aula de samba, forró, tudo que tem direito. Importante, eu tenho 67 anos, mas não parece. Risos.

Meninas, venham dançar!

Diva não malha, diva esculpe. Risos.

Fevereiro de 2011