Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Show de dublês direto do Autódromo Internacional de Brasília

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Tonin Bala: O medo faz parte!

Indiana Munhoz: Antes, no começo, eu sempre rezo pra dar tudo certo.

Múcio Eustáquio: O medo existe.

Fabio Giangiacomo: O medo é um parceiro nosso. A gente tem que saber lidar com ele o tempo inteiro.

Manoel Munhoz: Quando nós escutamos aquela gente toda batendo palmas, nós já superamos e vamos pra frente!

Tonin Bala: Isso aí tá no sangue, eu nasci praticamente em cima de duas rodas. Pratico Motocross há 15 anos. Eu sou tricampeão regional e bicampeão do Centro-Oeste.
Fábio Giangiacomo: Eu sou dublê profissional há mais de 10 anos. Eu abranjo toda a área publicitária, cinematográfica de longas e curtas e trabalho para quase todas as emissoras também.
Manoel Munhoz: Há 12 anos eu pratico este tipo de acrobacia. Eu já estou na terceira geração e, hoje em dia, minha filha que nasceu na República Dominicana, me acompanha.
Indiana Munhoz: Desde que eu nasci, eu gostei. Eu confio no meu papai mas algumas vezes eu tenho medo. Eu fico tendo esperança no coração que não vai acontecer nada na gente. Antes, no começo, eu sempre rezo pra dar tudo certo.
Múcio Eustáquio: Papai do céu sempre em primeiro lugar, porque se não tiver Deus na frente.
Galera, eu vou falar tão sério que eu vou até olhar no olho de vocês, porque isso é uma coisa muito séria e pode custar a vida de um adolescente ou de uma pessoa despreparada. Meu carro é totalmente preparado para esse tipo de manobra, e se você vier com um carro comum qualquer, vai se machucar.
Manoel Munhoz: Nós gostamos da adrenalina, e a adrenalina é praticamente nosso alimento. Muito obrigado a todos!
Múcio Eustáquio: Não tente nunca despreparado, por favor.

Setembro de 2001