Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Teatro Clipe, expressionismo, distanciamento brechtiano e o naturalismo

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Túlio Guimarães, diretor:
O Teatro Clipe foi uma ideia que surgiu aqui na Faculdade de Artes Dulcina e, em conjunto com a associação dos amigos de Dulcina de Moraes, para oferecer oficinas de iniciação em teatro, de interpretação teatral, teatro musical e projetos para pessoas acima de 55 anos. Oferecidos basicamente para a comunidade, para as pessoas que desejam ter um contato com a linguagem teatral e se iniciar na arte do teatro. O Teatro Clipe oferece oficinas livres para pessoas que não necessariamente queiram seguir a carreira de ator, que queiram se experimentar ou até descobrir esse talento durante um processo de montagem. No ano entrante nós vamos trabalhar com oficinas de 8 meses onde nós faremos um trabalho mais aprofundado, onde nós trabalharemos com a teoria e a prática. Sempre no resultado das oficinas nós vamos ter uma montagem que será apresentada publicamente.

Cláudio Chinaski, diretor:
Nós optamos pelo texto de um dramaturgo alemão do início do século passado. Esse texto abre possibilidades de encenação muito grandes. Ele trabalha com diversas linhas teatrais. O expressionismo, o distanciamento brechtiano e o naturalismo. O texto é interessante porque ele trabalha com fatos reais a partir da revolução francesa. Ele compõe quadros que narram o fim da vida de Jean Paul, um dos líderes da revolução francesa encenado pelo senhor Alfonso de Sade, o famoso Marquês de Sade, no período em que ele ficou interno no hospício.”

Dezembro de 2001