Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Yoga para os olhos e o benefício do exercício e musculação ocular

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

Eduardo Chauvet: O Carlos Maurício é terapeuta de yoga para os olhos. Eu estou com um óculos que ele me emprestou que é todo furadinho. Tem uma tela. É impressionante o trabalho de se desenvolver a musculatura dos olhos.

Carlos Maurício: Exatamente. Esse oftalmologista norte-americano, doutor Bates, que criou esse método inovador. Um óculos sem grau, furadinho, piramidal. Quando a luz atravessa o furo, imediatamente o músculo do olho movimenta. Por isso que você lê e enxerga e está fazendo musculação com os olhos, que é que nem ir para a academia fazer exercício para o corpo.

Quando a pessoa usa óculos de grau, ele fica com o olho preguiçoso porque não existe mobilidade. Aqui é o contrário. Como não tem grau e o furinho piramidal exige que o olho se movimente e fica com ele lendo, assistindo TV, no computador, a dona de casa pode costurar, tricotar. E se você quiser vir para um parque caminhar no sol, os furinhos piramidais também filtram os raios ultra violeta.

Em 1980, esse óculos furadinho piramidal em Nova Iorque foi premiado como um dos cinco inventos mais extraordinários do século XX. Ele estimula o nervo óptico porque ele suaviza o impacto da imagem na retina. O furinho piramidal afunila e chega na retina mais suave, então o olho descansa. Quem tem glaucoma, que é pressão alta no olho e até para diabético, que é a maior causa de cegueira, a musculação movimentando o olho, aumenta a circulação de sangue no globo ocular. Então traz como benefício saúde e preservação da retina.

Maio de 2010