Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Zé Mulato & Cassiano, dupla caipira na estrada desde 1974

profile

Memórias do Brasil

Descrição:

“O interesse nosso na música caipira já é de nascença, capaz de ser até um carma. E quando nós viemos para Brasília, nós começamos a cantar mais para matar a saudade do que pensando em ser profissional. Formamos a dupla em 1974 e em 1978 conseguimos gravar o primeiro disco. Eu tive a felicidade de compor juntamente com o Xavantinho, que está lá naquela festa de cima, com Deus. Nós gravamos Meu Céu.

Tem aquele sertanejo, tentando ser moderno sendo que o sentimento e a raiz dele estão pregados lá no sertão. Então fizeram uma música mais moderna, com dueto, quase que a mesma coisa, primeira e segunda voz. E para ser um pouco mais moderno, acharam por bem separar isso da gente.
Mas ficou bom. Agora chamam de música country.

Aquela noção de que o caipira tinha que ser matuto, ignorante, atrasado, não é bem assim. Ser caipira para mim é uma liberdade de sentimento, de pensamento. Você gosta da coisa como ela é e não tem por que fazer alegoria nenhuma para ficar parecido com ninguém. Quem quer conservar a raíz, ouve essa demanda.

Eu acho que a gente tem que respeitar a gente mesmo. A partir do momento que eu não me respeitar, eu viro uma porcaria. Tenho orgulho de ser mineiro, de ser caipira. Então isso aí que faz a gente cantar.

O que a gente faz é o máximo de poesia simples. Então a gente faz questão de cantar. Cantar nos dá um prazer muito grande. E, se junto com isso, aparecer um troquinho para ajudar a rechear as latas, mal não faz.
Eu sempre brinco assim. Nós somos fãs de nós demais. Se achar mais alguém que gosta, viva nós.”

Novembro de 2003